Etiqueta e reciclagem

Etiqueta, enquanto conjunto de normas sociais, tem vindo a sofrer adequações ao longo dos tempos. Mas o respeito por cada indivíduo e pelo grupo em que está inserido, tem de estar na base de todo e qualquer comportamento. O comportamento adequado tem de ser para com o grupo e para com o ambiente. Nesse sentido, o artigo de hoje foca-se no nosso comportamento e a consequência do mesmo, no meio ambiente. Muito já foi digo e algumas iniciativas postas em marcha, mas a mudança de comportamentos leva o seu tempo e o ambiente está a sofrer o impacto do comportamento desajustado, do consumo desenfreado das matérias-primas e da falta de consciência de que estamos a privar as gerações futuras de um ambiente saudável. Assim e em forma de alerta deixamos algumas dicas que, sem muito impacto no dia a dia de cada um podem, dentro de pouco tempo fazer a diferença no nosso meio ambiente. Em casa:

  • reciclar é palavra de ordem, roupas, materiais escolares, sacos plásticos, etc

  • evite a utilização de palhinhas de plástico

  • separe o lixo

  • utilize sempre, que possível, luz solar.

  • evite utilizar máquina de secar

  • feche as torneiras enquanto lava os dentes, por exemplo

  • quando adquirir eletrodomésticos, tenha em atenção o nível de eficiência

  • os medicamentos e embalagens devem sem entregues na farmácia.

No escritório:

  • utilize papel reciclado e tente reduzir o número de impressões

  • utilize material reciclado e reaproveite material

  • utilize uma chávena ou copo de loiça, evite utilizar plásticos

  • também aqui deve separar o lixo

Evite usar o elevador, utilize sempre que possível o meio de transporte coletivo.

Sabemos que não é fácil pensar e/ou fazer todos os dias a reciclagem de todos os materiais que usamos. Mas se todos os dias tentarmos, cada um de nós, ao final do dia/semana, sentirá que contribuiu para que o ambiente fique menos poluído e que poupou um pouco de cada recurso natural.

Neste sentido e com a preocupação ambiental que temos, aproveitamos para partilhar convosco, o projeto Save our home, de uma jovem ambientalista, que tem como missão a conservação do ambiente.

Até breve,


SRM


0 visualização0 comentário