Nascimento

O nascimento de um bebé é sempre motivo de alegria. Passadas as primeiras horas desse maravilhoso acontecimento cabe ao pai informar a restante família e amigos. Atualmente e com todos os meios de comunicação esta “boa nova” rapidamente se difunde. Após a comunicação é natural que se sucedam as visitas. O grau de intimidade para com a família e em especial com a mãe deverá ser suficiente para que, com bom senso, escolher se deve/pode visitar na maternidade ou em casa. Caso tenha dúvida, pergunte e qualquer que seja a resposta não fique aborrecido. Há famílias que preferem que as visitas sejam feitas mais tarde, já estando totalmente adoptados à sua nova realidade.

Quando for visitar um bebé, é tradição levar-lhe uma pequena lembrança e para a mãe flores. Essa visita deve ser breve, respeitando a rotina, intimidade, espaço e privacidade da família. Lembre-se que estão numa fase de adaptação. Os primeiros dias são muito exigentes, com necessidade de organizar toda a dinâmica familiar, após o regresso a casa.

Alguns conselhos que podem ser úteis e evitar constrangimentos quando for visitar um bebé recém-nascido:

  • Telefone antes de fazer a visita. Combine com a família o dia/hora para a visita, que deve ser feita durante o dia. O seu objetivo é felicitar os pais e conhecer o bebé. A sua visita será vista como uma gentileza, mesmo sendo curta.visita-maternidade-bebe-casa-400x272
  • Se chegar e já estiverem outras visitas, volte noutro dia.
  • Se estiver doente ou indisposto adie a visita, mas avise.
  • Evite usar perfumes ou fumar antes de fazer a sua visita e quando chegar lave as mãos.
  • Por muita vontade que tenha de pegar no bebé, aguarde a autorização dos pais. Caso o bebé esteja a dormir não o incomode nem o acorde.
  • Hora da Amamentação – dê privacidade à mãe.
  • Evite dar palpites sobre como ou quando a mãe deve fazer determinadas coisas. Ao menor sinal de inquietação, por parte dos pais, dê por terminada a sua visita, terá outras oportunidades e não quererá contribuir para aumentar a ansiedade familiar.
  • As fotografias devem ser apenas tiradas se os pais autorizarem, e se as tirar não partilhe nas redes sociais.
  • Como em qualquer visita, não chegue na hora das refeições. Em alternativa, leve uma refeição para oferecer aos pais. Será uma preciosa ajuda. Aliás, dependendo do grau de intimidade que tenha, pode e deve oferecer ajuda.
  • Sempre que possível, visite o bebé sem estar acompanhado por crianças, que podem fazer barulho, querer beija-lo ou mexer-lhe.

Poderá ainda ler sobre este tema, o capítulo dedicado ao Protocolo Social do “Livro do Protocolo” do  Senhor Embaixador José Bouza Serrano.

Até breve!

Deixar uma resposta